Casadinhos

terça-feira, 27 de março de 2012

Post gigante - O pedido


Tenho esse blog já faz um tempinho, inclusive eu nem conhecia o Allan, tanto que essas páginas eram espaços pra desabafar as tais “coisas minhas” além de guardar e compartilhar textos  e músicas que eu gosto muito. Meus leitores assíduos eram o Fabrício e a Val, meus amigos de looooonga data... 
Daí comecei a falar sobre as coisas do casório, logo depois do pedido, ops o pedido....
Vi que falei e continuo falando sobre tudo, porém não falei nadaaaa sobre esse momento que foi o estopim de tudo que vivemos hoje ;)
E o pior: não fui eu quem percebeu isso, foi a Nanda, minha madrinha e amiga do coração... e ela  disse durante uma produção de sushi na casa da Poly, outra amiga que tb me disse que andou acessando o blog ;)
Daí pensei com meus strass: putz que mancada! 

Então, antes tarde do que mais tarde: segue o relato.... da noiva: 

"O Allan tinha esboçado um pedido em meados de junho, bem no dia dos namorados... porém não deu muito certo até pq, ele não falou nada de tão nervoso que ficou...
Então, no mês seguinte,  ele me convidou pra viajar pra Curitiba, pois ia a um congresso da área dele... fiquei meio na dúvida, mas como não conhecia a cidade e era louca pra conhecer, acabei topando e indo na quinta à noite.
Daí, quando cheguei na cidade ele já estava no aeroporto me aguardando e seguimos pro hotel, chegando lá, ele disse que o hotel estava lotado e que eles estavam fazendo troca de quartos pra acomodar melhor a todos, então reforçou que poderíamos ter que mudar de quarto a qq momento...
Passaram 2 dias e nada da mudança acontecer, então nem liguei mais pro assunto, então no sábado de manhã, o tal telefone toca pedindo pra que trocássemos de quarto... nem preciso falar que fiquei uma fera, até porquê odeioooooo arrumar malas e desarrumá-las. Imagina ter que fazer isso 2 vezes na mesma viagem.
Briguei com o gerente, disse que achava td isso um absurdo e deixei claro que odieiiiii ser trocada de quarto, pois bem, saímos e nossas coisas ficaram no saguão do hotel, todas cheias de etiquetas de identificação...
Nesse dia fomos pro Bosque do Alemão, conhecemos a trilha de João e Maria, fomos no Parque Tanguá, na Opera de Arame e na pedreira Paulo Leminsk,  tudo isso a bordo do ônibus de turismo.... Inclusive pegamos o último ônibus de volta, que não parava no Jardim botânico, mas na Praça Tiradentes, que é mega longe do hotel ;(
 Resultado: pegamos chuva e a temperatura estava em torno de 5°, com sensação de 2° devido ao vento e chuva.... não conseguíamos encontrar nenhum taxi e eu pensando ainda que ainda iriamos nos locar em outro quarto e de novo eu quis esganar em pensamento o gerente do hotel.
Então depois de quase 1 hora, um táxi apareceu e chegamos ao hotel, nos deram o cartão do quarto e ensopados, subimos com as malas...
Quando abri a porta me deparei com um quarto lindo, cheio de frutas, chocolates, vinhos, hidromassagem... achei estranho.... então entrei no quarto e lá estava a cama repleta de rosas em forma de coração e as alianças no centro... que ele havia me convencido a tirar pra não perdermos durante o passeio.
Confesso que quase tive um infarto, pq não suspeitei em nenhum momento da armação dele com o gerente e a recepção do Hotel, fiquei depois morrendo de vergonha das recepcionistas e do gerente, pq briguei pra caramba com eles rsrsrsrs.
Daí ele falou que tinha certeza absoluta do passo que ia dar e que eu era a pessoa que ele gostaria de ter pra sempre do lado, colocou a aliança do meu dedo e perguntou se eu também queria o mesmo.... tremi toda.... adivinhem a resposta: SIM! Of course, my friends!
Então ele me deu uma lista de “porque amo você...”  que continham motivos incríveis e que me fizeram chorar e olha que é difícil eu chorar, viu?.
Um artista esse meu noivo hein? A vênus platinada tá perdendo um talento .
Achei lindo e super-romântico e é por esses e outros 106 motivos que eu o amo muito e decidi abandonar a segurança do meu mundo por amor, como dizia o saudoso Renato Russo."
Simples assim!

Agora segue o relato... do noivo:

"Bom, lá vamos nós pra mais um "tistimunho", feito por livre e espontânea pressão,  sobre como Eu&Dany passamos a fase de enamorados para noivos, da trilha metálica a la hard
rock&baladas para o clássico e bom heavy metal, ou seja, de um relacionamento sério para um mais sério ainda.
Era o retorno do show de ninguém menos que o Slayer , em junho de 2011...voltei pouco antes dos dias dos namorados, e justamente no dia, fiz o ensaio do pedido em plena churrascaria, com uma Dany não muito contente, que ficou na verdade com muita raiva por eu ter ido vê-los...pela 2a vez.
 Enfim, não tinha convencido e precisa me superar quando fosse rolar o pedido oficial...na verdade, deveria ter acontecido antes, quando comemoramos aniversários juntos, em fevereiro, e fizemos uma feijoada beneficiente, onde lá estavam todas as famílias e amigos...enfim, não foi nem falta de sensibilidade, foi de lembrar mesmo!
Mas então, voltando, eu precisava criar um roteiro digno de um pedido de casamento...e assim se sucedeu:
Tive liberação da empresa para ir a um congresso de engenharia ambiental em Curitiba-PR defender um artigo, que aconteceu de 16 a 18 de agosto de 2011; então, pensei: "tem que ser agora!"...como havia acumulado milhas suficientes com a compra da aliança (nem precisa falar o preço, né?), combinava direitinho pra levá-la comigo, já que era um lugar novo, que ambos íamos conhecer juntos e que ela já queria ter visitado...enfimo local é mesmo maravilhoso, a cidade muito bem urbanizada, turística e com uma Itaipava a R$ 1,50 na época então (rssss)...bom, então tinha de ser lá.
Na reserva do hotel Lizon Curitiba Hotel verifiquei que eles tinham a tal suíte nupcial. Num primeiro instante, não tinha disponível, porém dias depois o hotel me confirmou (obrigado Lorraine e Elisandra pela suite Mar de Rosas), mas faltava o detalhe principal: como mudar de um quarto comum para a suíte nupcial, sem a Dany desconfiar de nada? Aí veio a imaginação: combinei com o Sr. Joaquim (nome fictício do gerente do hotel, infelizmente não lembro)
para no sábado encerrar nossa conta e "encenar" o cancelamento do quarto que estávamos, sob a desculpa de que a reserva tinha sido feito errada, era de outra pessoa e que teríamos que nos retirar...e vejam a situação em pleno aviso: nós, cansados, molhados, morrendo de frio!! Rapaz, a Dany ficou uma fera...queria tocar fogo no hotel, jogar todos do 3° andar, correr atrás deles com um tacape em volta do quarteirão, essas coisas, sabe...bom, não tínhamos escolha, e o S. Joaquim (sério como um padre rezando missa pra defunto...mas com aquela vontade de rir do carai!!) encerrou nossa conta e nos deu a chave de um tal quarto no 9° andar, dizendo pela última vez que não poderia fazer nada e que teríamos que mudar pra lá. Aí foi minha vez de ouvir né, já que fomos arrumar trocentas malas e sacolas e sapatos e roupas pra mudança.
Porém, depois de toda uma enxurrada de palavrões e xingamentos de que o hotel não restava, o mundo não prestava, etc - e eu pensando na cara de tacho dos atendentes com a bronca que eles tomaram - que, claro, continuei ouvindo na ida para o próximo quarto, eis que abrem-se as portas e o que vemos: tudo decorado, a meia-luz, pétalas de rosas em forma de coração na maior cama que já vi na vida, vinho, frutas, banheira...enfim, valeu muito a pena! Peguei o par das alianças e fiz o pedido, meio nervoso, e ainda assustado com toda a correria, mas imensamente feliz, pois sabia e sei que ela é a mulher que eu precisava, e é com ela que quero passar o resto das nossas vidas.
A Dany, claro, passando de raiva a espanto, caiu direitinho, como uma patinha, ahah...e aceitou, disse o tão esperado "sim". E foi isso. Depois ao descer pra jantar, agradeci e pedi desculpas para os "atores" de plantão da recepção, mostramos as alianças e tudo...foi bem legal e nos mandamos pra conhecer a cidade, num baita bar de rock, sem antes conhecer aquela temakeria, mas aí já é outra história..."

Meu amorzim, agradeço todos os dias por você fazer parte de eu! Bjssss, LvU!! ;)
 AK

4 comentários:

  1. LINDO LINDO LINDO!!! Muito romântico esse seu noivinho e futuro esposo viu!!! Desejos a vcs muitas felicidades e todas as bençãos de Deus.

    Bjus Neila Cristina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é né Neila, tomara q ele continue sempre assim.)

      Excluir
  2. Coitado do Allan, imagino o que ele ouviu. Essa menina é realmente uma fera, porém estudiosa, responsável e justa. Uma menina de ouro que passou por alto e baixos sempre de cabeça erguida e com determinação, principalmente por ter um motivo pra ser forte... LINDSEN. Dany eu mais do que ninguem conheço sua história e sei que vc merece ser feliz e ter a sua familia e o Allan veio para completar essa felicidade. E vc Allan te entrego duas jóias raras e te conhecendo como te conheço, sei do seu carater, da sua paciência e do seu amor por Dany e Lindsen. Você hoje faz parte da nossa vida e da nossa familia, pois gosto muito de vc. MAMÂE

    ResponderExcluir
  3. Natália Nascimento2 de abril de 2012 08:26

    Amiga, eu sei como vc é qd está com raiva, me deu uma pena do Allan... kkkkkkk LINDOS!!!

    ResponderExcluir

O que você achou?